• Cassio H. F. Ramos - Fundador

7 dicas para melhorar a performance da equipe com um dashboard

Como você analisa a performance da sua equipe? Com base em quais análises faz ajustes em processos, dá feedbacks individuais em equipes e toma decisões? Certamente, este é um dos principais desafios dos gestores: ser justo na avaliação das pessoas e assertivo na tomada de decisões que proporcionem um aumento de eficiência da sua equipe, sem gerar um estresse absurdo nela. É exatamente para te ajudar a superar esses obstáculos que surgiram os dashboards.


Neste post, vamos dar 7 dicas para fazer um bom uso dos dashboards e melhorar a eficiência e a performance da equipe que você lidera:


1. Alinhe as metas


Metas devem ser quantificáveis, realizáveis, desafiadoras, com um prazo aceitável para a execução e bem específicas. Por exemplo, aumentar 10% do faturamento de vendas no próximo trimestre.

No entanto, elas também devem ser alinhadas e avaliadas com a equipe. A pior forma de estabelecer uma meta é pensar nela no escritório e depois notificar as pessoas. Alinhar as metas com a equipe gera engajamento e caso ela sinta que não conseguirá cumprir com o estabelecido, você poderá rever a meta ou o processo naquele exato momento, não gastando tempo acreditando que algo se realizará e depois ser surpreendido negativamente.


2. Defina os KPIs


Os indicadores de performance avaliam como estão os processos relacionados ao desenvolvimento de uma meta, ao mesmo tempo em que estão ligados a uma estratégia da empresa. Por isso, deixe claro quais serão os indicadores que medirão a evolução do desempenho.


3. Descubra o tipo de visualização mais adequada


Agora que você já tem as metas e os indicadores definidos, é hora de determinar qual o tipo de gráfico favorecerá e simplificará a sua análise: gráficos em barras, pizza, tabelas, resultados de operações matemáticas, entre outros. Bons dashboards chegam a oferecer até 15 tipos diferentes de visualizações.


4. Crie alertas


Decomponha as metas em partes menores, determine quais são os níveis de desempenho que estarão muito abaixo ou acima do esperado e crie alertas com essas informações em seu dashboard. Isso facilitará o processo e fará com que, nos primeiros minutos da análise da performance da equipe, você já encontre e avalie como poderá melhorar aquele indicador em específico.


5. Dê acessos diferenciados


Somente os sócios, diretores ou gerentes deveriam ter acesso aos mesmos dados que você utiliza em suas análises. A equipe, por sua vez, poderia consultar apenas os dados que estão diretamente ligados às suas atividades, metas e desempenho. Desta forma, as informações mais estratégicas estarão seguras e acessíveis apenas para quem você der permissão.


6. Gere discussões


Crie notas para favorecer a discussão entre a equipe, incentivar quem obteve melhores desempenhos e até compartilhar suas impressões ou destacar dados que acredite serem importantes para a performance da equipe.


7. Revise os processos


Revisar o processo com base nos dados apurados é ter um controle efetivo sobre como a sua empresa opera. Muitos empresários e gerentes agem como cientistas, usando o método da tentativa e erro para eliminar hipóteses de melhoria em seus processos. O problema é que isso custa caro para as empresas.


Com o apoio dos dashboards, você poderá revisar apenas as partes do processo que precisam de ajustes. Poderá, ainda, dar feedbacks sobre indicadores de performance específicos, mostrando para os seus colaboradores onde o processo poderia ser otimizado. Desta forma, eles poderão alcançar e rever metas e planos, sempre que perceberem que os valores estabelecidos são irreais e poderiam desmotivar e diminuir a performance da equipe.


Você já utiliza algum dashboard para medir a performance da equipe que você lidera e propor melhorias? Quais são as métricas mais importantes relacionadas a esse tema que você acompanharia? Indique nos comentários para ajudar outros empreendedores a também adotá-las em suas empresas!

0 visualização

© 2016 por Lemon - Todos direitos reservados

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle